Os Estados Unidos possuem uma diversidade enorme de paisagens e influências na cultura, e Los Angeles é uma das mais abrangentes que conheci.

Há algum tempo já meu primo me chamava para conhecer a Califa, mas foi quando minha amiga de infância se mudou para lá com o filhinho bebezinho que decidimos ir!

Meu marido já conhecia a Califórnia, mas não conhecia Los Angeles, então fomos os dois com muitos lugares para visitar pela primeira vez. Ele gosta de um jogo de video game chamado GTA que se passa numa cidade inspirada em Los Angeles então havia mais um referencial para nossa visita.

 

Chegamos ao aeroporto e pegamos um carro, Estados Unidos em geral não é um local onde o transporte público seja amplo e de qualidade, acaba ficando melhor alugar um carro (custo-benefício entre tempo para gastar na cidade e valor do aluguel), L.A. foi mais barato que Miami, alugamos na Alamo por sete dias e pagamos 129 dólares e a gasolina custava em torno de 2,99 dólares o galão (5 litro).

Já viu essas academias nos filmes?

Fomos primeiro até Venice e andamos até a praia mais famosa, Santa Mônica. Andar pelo calçadão e comer fish tacos na lojinha por 2,99 dolares, passamos por aqueles aparelhos de ginastica antigos gratuitos e quadras de esporte iguais aos dos filmes.

Era final de novembro e já fazia um friozinho de outono, então não foi dessa vez que nadei no Pacífico!

hello Pacífico!

No calçadão há diversas lojas de roupas, sapatos, souvenires, medicinal marijuana, comidas, tatuagem e piercing enfim há de um tudo! Muitos moradores de rua e artistas vendendo artesanato. Varias tribos de skate, bicicletas e casas que devem custar caríssimo.

Descemos em Venice e fomos andando até o píer!!! Longe, mas conseguimos voltar para o carro. Paramos no parque icônico o Pacific Park, ele é igualzinho a gente vê nos filmes e nos jogos.

 

 

Antes de seguir para a casa da minha amiga passadinha rápida no In-N-Out Burger, indo para o costa oeste experimente, melhor hambúrguer que já comi.

A casa da minha amiga ficava em frente ao Farms Market e do The Grove, depois de chegarmos e conversamos um pouco fomos até lá para comer algo! Lindo!

 

No dia seguinte saímos cedo e fomos a Calçada da Fama que fica na Hollywood Boulevard, é bom ir cedo, pois não haverá muitas pessoas nem artistas de rua.

Paramos no shopping ao lado do Cinema Chinês TCL (Grauman’s Chinese Theater antigamente) tiramos umas fotos das placas dos nossos personagens favoritos e andamos pela rua do começo onde há o monumento das maiores artistas do Cinema americano e onde ficam as estrelas de Beatles e Elvis.

 

Descendo pela avenida observamos as estrelas de diversos artistas e à medida que nos distanciando do TCL a avenida vai se transformando numa rua suja, até cocô vimos no chão. Há bastantes lojas de souvenir e cafés no percurso.

Morria de medo do Predador rsrs

De lá fomos ao Observatório Griffity, observatório espacial com uma exposição maravilhosa sobre o universo e com diversas exposições sobre fisica, quimica, astronomia e tecnologia.

A entrada é gratuita e começa às 11h, aconselho chegar uma meia hora mais cedo, pois não há tantas vagas para estacionar e sempre fica lotado. Uma das coisas que mais gostei de lá foi a tabela periódica onde ficam expostos amostras dos elementos correspondentes!

 

Para fãs de Star Trek há uma sala de conferências nomeada em homenagem ao Leonard Nimoy (Dr. Spock).  Da parte de fora é possível ver a cidade toda, a placa de Hollywood e também é possível andar pelo parque onde o observatório é construído.

Albert Einstein também é homenageado

Nesse dia fomos atrás de um mexicano, nós dois amamos! Recebemos a recomendação do “Poquito Más” como sendo um lugar barato (a nossa conta nao ficou nem 12 dolares) e de qualidade e realmente foi! Comida deliciosa, fresca que nem parece fast food, recomendo!

Delicious…

Andamos um pouco por Beverly Hills, mas não descemos para andar pelas ruas. Ia bater aquela depressão ao ver coisas lindas e tão caras hahaha.

No dia seguinte fomos conhecer o parque que ficava bem pertinho da casa da Nay. Ela e o filhinho dela, Miguel, foram conosco. Que lugar interessante e educativo e com uma área verde linda! Adorei o La Brea Tar Pits Museu, no local durante a construção do museu, foram encontradas os fósseis de animais pré históricos, e eles possuem essas representações em tamanho natural, merece uma visita.

Depois disso fomos novamente para Venice, dessa vez para andar pelo bairro e suas ruas que simulam Veneza na Itália, canais com água no lugar de ruas. Um must go da cidade.

Comemos num mercado que amamos lá, o Whole Foods, pegamos uma pizza deliciosa e passamos numa lojinha que amo, a 99cents, tudo é por 99 centavos e tem muita bugiganga e até comidas gostosas, até refiz meu estoque de Swiss Miss.

Dia seguinte era Thanks Given e fomos para a casa de campo do meu primo e a família dele, numa parte mais desértica, mais para dentro do estado. Foi muito legal! Como o blackfriday era o maior motivo para irmos nessa época, saímos do almoço e fomos para as filas nas lojas. Passamos um pouco de frio na fila e havia tanta gente que não conseguimos comprar alguns dos itens que nos programamos.

Paisagem completamente diferente de L.A.

Voltamos para Los Angeles para encontrar com a minha amiga, e nos preparamos para uma aventura. Conto no próximo post!