Quem vai à Foz sabe que de lá até a Argentina é um pulo ( 20 min se não tiver transito na imigração), queríamos ir comer em Puerto pois nossas recordações da comida argentina eram pra lá de boas ( ficamos uma semana em Ushuaia em 2013 – best place ever).

 

Primeiro fomos durante a noite numa “feirinha” que é famosa, há venda de artigos típicos, doce de leite e azeitonas muito boas (no mercado compramos um doce de leito delicioso Ilolay o nome) e também tinha alguns barzinhos vendendo chorizo, cerveja, empanadas, enfim, bem turístico!

Sentamos para comer num dos barzinhos (pagamos em peso, eles aceitam real, mas a cotação era mais vantajosa) e pedimos chorizo, 3 empandas e duas cocas, estava bom, não estava excelente como lembrávamos, mas também né, é só numa feirinha e tals podia estar exigindo demais.

Compramos alguns itens na feirinha, porém o que mais recomendo é o azeite! Meu Deus que azeite gostoso e barato! O galão com 5 litros de azeite custou em médias R$45,00 e vale cada real!

O mais chato… havia música ao vivo num bar mais pra frente e estava chaaaaato demais hahahahahaha; depois uma pessoal começou a batucar no bar que estávamos e ambos passaram nas mesas pedindo dinheiro, algumas crianças também ficam tentando vender artesanato e pedir dinheiro, mas não insistem se você disser não.

Fomos embora meio frustrados, porém com esperança de encontrar nosso bife maravilhoso em algum outro local.

No dia seguinte fomos durante o dia visitar o marco das três fronteiras do lado argentino e o duty free. O Duty free Iguazu é enorme! Muitas lojas, cotação do real nesse dia estava ótima (melhor que no Paraguai) e algumas coisas eram mais baratas que nos duty free de aeroporto, não podia filmar nem fotografar lá dentro e a bolsa é lacrada na entrada e só deslacram na saída perto dos caixas, possui um estacionamento bem grande e fica antes da imigração argentina.

Os maiores stands (é mais para uma loja grandona e vários stands das marcas) eram Victoria’s Secrets, que fica próxima a saída, aquelas lojas de perfume e maquiagem bem como no aeroporto. Havia também um stand grande de brinquedos, Lego e etc. Fomos durante a manhã, e foi ótimo, pois estava vazio. Pesquise os preços de dólar, pesos e reais, há dias em que a melhor cotação varia.

Na entrada da cidade, Rua Nacional, avistamos o cassino com bastantes mesas de carta e maquinhas caça níquel, algumas em pesos e reais outras em dólar. O complexo na verdade é um hotel cassino. Não tenho fotos de lá, infelizmente.

O Marco das Três Fronteiras é um tipo de praça com um obelisco nas cores do país, havia lojinhas de souvenir (fomos à hora da sesta e estavam fechadas) e uma equipe de turismo oferecendo passeios pelo rio. Passeamos por perto, fomos até a beirada do rio e depois num supermercado (meu marido ama visitar supermercados), acabamos deixamos para comer em Foz, descobrimos um mercado com uma comida ótima e super budget!

Lembrete: atente-se para o horário da sesta, eles realmente levam a sério.

Um outro local bem interessante de visitar na cidade é o cruzamento de 7 ruas! SEM SEMAFÁRO! SEM GUARDA DE TRÂNSITO! São 7 ruas que se cruzam , com bastante movimento inclusive, sem nenhuma sinalização específica, apenas bom senso! Não vimos nenhum acidente hahaha

No nosso último dia decidimos ir a um restaurante jantar, pedimos chorizo (uhhhhh), era um restaurante fino.  Nosso pedido demorou a chegar, meia hora pelo menos e infelizmente apesar de o prato estar lindo a carne não era a mesma que comemos em Ushuaia ( buá buá buá), não era macia, estava cheia de gordura e mais uma vez voltamos pra casa chateados.

É interessante conhecer a cidade, os mercados possuem vários produtos legais, mas não há muito que fazer lá além de restaurantes e quem sabe uma passadinha no cassino!

Estávamos de carro, mas é possível ir de ônibus, saindo da central de Foz há um ônibus que está escrito puerto iguazu a foz do Iguaçu, ele passa em media a cada 40 min, porém o último sai de Puerto às 19h, a passagem era R$ 4,00. Não se pode esquecer que é preciso levar um RG ou Passaporte válido (também entramos com carteira de motorista).

Minhas expectativas estavam muito altas ou algo de diferente havia na cidade, talvez por saberem que muitos brasileiros irão visitar a cidade ou qualquer outro motivo – fiquei decepcionada!

Já atravessou por Puerto? Conte-me o quê você mais gosta da cidade ou o que deu vontade de conhecer e se eu devo tentar novamente o chorizo rsrsrs

Inté