Vários locais sugeriam a ida ao Fisherman’s Wharf e que o caldo de marisco (clam Chowder) vendido lá era delicioso e a região do Pier estava cheia de atrações e cultura.

SAM_0906

Já falei nesse outro post o quão difícil e caro pode ser estacionar em San Francisco e claro que num dos locais mais visitados por turistas na cidade seria mais difícil ainda.

Chegamos cedo, lá pelas 9 da manhã e era sábado, acredito que seja o dia mais cheio na região,  paramos umas quatro quadras de distância num estacionamento de uma Ross, custou 10 dólares por 3 horas!

SAM_0848

Chegamos ao Pier 45 onde ficam o Musée Mecanique, um museu de brinquedo e jogos estilo fliperama antigos. Alguns brinquedos são do inicio do século XX e estão muito bem preservados.

DCIM100GOPROGOPR1132.JPG

Muito interessante de visitar e ainda é possível jogar! Você pode por as moedas e brincar ali como antigamente. Há mais de 300 peças em exposição e algumas me deram arrepios, aqueles bonecos de filme de terror, sabe?

DCIM100GOPROGOPR1143.JPG

Ao lado fica um exposição de artigos da segunda guerra mundial e é possível visitar até um “navio” (não sei se é fragata ou qual o nome certo rsrs) utilizado na segunda guerra mundial.

SAM_0868

De lá andamos até o Fisherman’s Wharf. Há vários restaurantes e lojinhas de souvenir e até um Macdonalds (onde fomos utilizar o banheiro). Desse ponto além de comer você pode contratar o passeio para Alcatraz entre outros passeios pela baía e região.

DCIM100GOPROGOPR1164.JPG

Alcatraz é uma famosa prisão que fica numa ilha na baía de San Francisco, onde se dizia ser impossível fugir. Não fizemos o passeio por ser muito caro, muito mesmo.

Continuamos andando até o final do píer onde há uma praia, uma praça e a fábrica de chocolates Ghirardelli, fábrica de chocolate local fundada por italianos em 1852, atualmente pertence a Lindt.

DCIM100GOPROGOPR1186.JPG

Os pratos mais famosos da região são o carangueijo Dungeness e o caldo de mariscos.

SAM_0847

O caldo é bem gostoso, ele vem no pão italiano que nós dois comemos um só e foi mais que suficiente. Compramos numa barraquinha, porém há restaurantes também oferecendo o prato.

clam chowder camila latorre blog

Quando estiver planejando sua ida, comece o passeio pela praça Ghirardelli e vá em direção ao píer 39.

DCIM100GOPROGOPR1215.JPG

Voltamos para agora visitar o píer 39 de fato.

DCIM100GOPROGOPR1229.JPG

Há diversos restaurantes, lojas de souvenirs, chocolates e doces, Casa dos Espelhos, parque de diversão e um mirante da baía.

doces sf camila latorre blog

Salt water taffy: docinhos bem gostosos típicos da cidade. Experimente!

 

Nesse trajeto você pode optar por pegar o bondinho ou fazer o passeio de segway, ha muitas agências de turismo oferecendo essas experiências por ali.

DCIM100GOPROGOPR1168.JPG

Passeamos por ali, compramos uns doces, tiramos fotos, mas precisávamos voltar para o carro. Caso você vá utilizando o transporte público (o que aconselho) se perca por ali, vale a pena.

san francisco 5

Corremos para chegar ao carro e continuar nosso dia.

Fomos em direção a outro local bem famoso na cidade, Alamo square e Painted Ladies. O estilo Vitoriano e Eduardino das construções do final do século XIX e início do século XX foi preservado nessas casas que sobreviveram ao terremoto de 1906 que destruiu a cidade.

DCIM100GOPROGOPR1251.JPG

As casas estão na rua 710–720 Steiner Street em frente a praça Alamo e possuem as cores originais da época de sua construção. Aproveite para passear na praça, que é bem gostosa e até fazer um piquenique, como os locais.

DCIM100GOPROGOPR1260.JPG

A praça estava cheia e muitas pessoas posavam para fotos com as casinhas ao fundo.

Ali próximo fica a Lombard Street, ruazinha super estreita e com muitas curvas acentuadas.

lombard street getty

Essa é a rua…

Nesse dia havia uma guarda de trânsito no local organizando o trafego e nós descemos de carro, devagar e pensando nos moradores que lidam com os turistas.

lombard street

Não deve ser fácil subir a rua a pé!

Nesse dia resolvemos atravessar a Golden Gate e visitar o mirante do lado de Salsalito. É importante planejar para atravessar a ponte apenas uma vez no dia devido ao pedágio. Como ficamos em Oakland, planejamos para sempre terminar o dia saindo da cidade.

Cidade de San Francisco

No mirante achamos uma vaga na sorte, paramos assim que chegamos.

Andamos um pouco, tiramos umas fotos, e não havia muito mais o que fazer daquele lado.  Há banheiros e bebedouros disponíveis.

sao franscico 3

Queríamos agora descer sentido a Salsalito e conhecer a cidade.

Por ser sábado acredito eu, a cidade estava lotada. Não havia vagas, nem nos estacionamentos nas ruas principais. Há vários restaurantes e lojinhas na rua principal.

Acabou que nós só passamos por lá e ficamos de voltar depois. E valeria a pena, uma cidadezinha pequena tão perto de uma cidade tão grande.

Voltamos para nosso airbnb para acordar cedo no outro dia e visitar o Ferry Plaza Market.